PROJECTOS

notícias

Desafios de Cibersegurança para PMEs 2021-01-15

Desafios de Cibersegurança para PMEs

O INOV em parceria com o Instituto Superior Técnico e com o apoio da AIDA-Câmara de Comércio e Indústria do Distrito de Aveiro tem o prazer de o/a convidar para o webinar “Desafios de Cibersegurança para PMEs” no dia 21 de Janeiro, às 17h30.

 

O webinar é realizado no âmbito do projeto europeu H2020 SPARTA e a sessão de abertura terá como tema “SPARTA: Programas estratégicos de cibersegurança para a Europa”. As sessões que se seguem irão explorar “o problema tecnológico” e “o fator humano” na cibersegurança das pequenas e médias empresas e contarão com as contribuições de Nelson Escravana, diretor da Área de Cibersegurança (INOV), do professor e investigador Miguel Pupo Correia (IST) e da diretora de Área de Interface e Cocriação Elisabete Carreira (INOV).

 

Haverá um espaço dedicado a perguntas e respostas depois de dar a conhecer o roteiro de cibersegurança SPARTA. 

 

Contamos com a sua presença! Registe-se através do link: https://cutt.ly/SjReHzM

Acordo de Comércio e Cooperação pós-Brexit 2021-01-05

Acordo de Comércio e Cooperação pós-Brexit

No dia 30 de Dezembro foi assinado o Acordo de Comércio e de Cooperação (ACC) que agora constitui o enquadramento das relações económicas entre a União Europeia e o Reino Unido.

Para acederem ao texto do Acordo de Comércio e Cooperação pós-Brexit entre a União Europeia (UE) e o Reino Unido e a outra informação complementar devem consultar os seguintes documentos:

 

Para esclarecimento das questões suscitadas no âmbito do Brexit sugere-se a consulta de toda a informação disponível no Portal das Finanças no link: https://cutt.ly/Bjd4C8B com especial enfoque para o oficio circulado nº 15803 de 21.12 que contém instruções sobre os principais aspetos aduaneiros  decorrentes do fim do período de transição.

Se porventura após a consulta de toda essa informação subsistirem duvidas não hesite em coloca-las via e-balcão selecionando a opção/ área Brexit ,tipo de questão: Aduaneira.

 

Certificados de Origem 2020-12-17

Certificados de Origem

AIDA a Câmara de Comércio e Indústria do distrito de Aveiro

Certificados de Origem perto de si.

O seu parceiro nas exportações

 

Atestamos a origem dos seus produtos. Como?

  • 1º passo – Preenchimento do requerimento disponível online (www.aida.pt) ou pedido via email cci@aida.pt
  • 2º passo – A equipa AIDA CCI contacta-o.
  • 3º passo – Certificado de Origem fica disponível (24h) para levantamento nas instalações da AIDA CCI ou enviado por CTT sem custo adicional

 

Que documentos necessita?

  • Formulário preenchido
  • Factura de Exportação
  • Documento de transporte (exemplos: BL, Air Way Bill)

 

Usufrua de assistência técnica especializada e gratuita. T.: 234 302 490

Ao ser associado da AIDA CCI usufrui de desconto, assim como mediante o número de documentos solicitados.

Simples, Rápido e perto de si.

Cimeira de Negócios da CE CPLP 2021-01-13

Cimeira de Negócios da CE CPLP

Participe na Cimeira de Negócios da CE CPLP que irá acontecer na Guiné Equatorial

14, 15 e 16 de Fevereiro, no Centro Internacional de Conferências de Sipopo.

Guiné Equatorial foi o país escolhido devido ao enorme potencial deste país e à sua atractividade em termos do investimento estrangeiro, indo ao encontro das suas directrizes de desenvolvimento: Energia, Petróleo & Gás, Pesca Agricultura, Transformação Alimentar, Meio Ambiente e Formação.

Inscrições até 25 Janeiro, com a garantia prévia de marcação das reuniões B2B

Todas as condições de segurança sanitária serão asseguradas, sendo obrigatório que todos os participantes antes da entrada no recinto da Cimeira efectuem testes rápidos à Covid19, serão disponibilizadas máscaras e álcool gel, durante os dias da cimeira. Para o regresso ao país de origem, é assegurado a cada participante o teste Covid.

Info em http://twixar.me/ZYJm

Candidaturas ao Programa de Apoio à Produção Nacional 2021-01-13

Candidaturas ao Programa de Apoio à Produção Nacional

Programa de Apoio à Produção Nacional - Área Metropolitana do Porto Candidaturas abertas

 

Caro empresário,

Encontram-se abertas, até 26 de Fevereiro, as Candidaturas ao Programa de Apoio à Produção Nacional - Área Metropolitana do Porto, no âmbito do Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego.

Este programa visa o apoio direto ao investimento empresarial apoiando-as na transição digital e energética, na introdução de processos de produção ambientalmente mais amigáveis, que promovam a melhoria da produtividade das empresas e consequentemente um estímulo à produção nacional.

Podem candidatar-se a este apoio micro e pequenas empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica que estejam nos territórios de intervenção da Área Metropolitana do Porto (AMP) e que cumpram os critérios de acesso e elegibilidade apresentados no aviso

São elegíveis as seguintes atividades económicas:

  • Indústrias extrativas (CAE 05 a 09);
  • Indústrias Transformadoras (CAE 10 a 33);
  • Outras atividades que acrescentam valor à AMP, contribuindo para estimular a produção nacional, reduzindo a dependência face ao exterior e permitindo a recuperação do turismo (CAE 47, 55, 56, 79).

 

O valor mínimo da despesa elegível total por projeto é de 20 mil euros e não pode exceder:

  • 235 mil euros no caso das operações das CAE das Indústria transformadoras e extrativas;
  • 100 mil euros para as restantes CAE elegíveis (referidas na alínea c) do ponto 5.1) do Aviso)

 

Neste Aviso são elegíveis as seguintes categorias de despesas:

  • Aquisição de máquinas, equipamentos;
  • Aquisição de equipamentos informáticos;
  • Software standard ou desenvolvido especificamente para a atividade da empresa;
  • Conceção e registo associados à criação de novas marcas ou coleções;
  • Custos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas;
  • Material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade, até ao limite máximo elegível de 40 mil euros.
  • Estudos, diagnósticos, auditorias, Planos de marketing, até ao limite máximo elegível de 5 mil euros;
  • Serviços tecnológicos/digitais, sistemas de qualidade e de certificação, até ao limite máximo elegível de 50 mil euros;
  • Obras de remodelação ou adaptação, para instalação de equipamentos produtivos financiados no âmbito deste projeto, até ao limite de 60% do investimento total elegível apurado.


A Taxa base de financiamento (incentivo não reembolsável), das despesas elegíveis aprovadas é de:

  • 40% para os investimentos localizados nos territórios do interior
  • 30% para os restantes territórios.

À taxa base pode ainda existir um acréscimo máximo de 20 pontos percentuais (pp), caso os projetos sejam enquadrados nas prioridades relevantes para os territórios abrangidos:

  • Projetos inseridos nos CAE da Indústria extrativa ou transformadora – 20 pp;
  • Projetos inseridos em outras atividades que acrescentam valor à AMP e cujo CAE corresponde ao CAE principal do beneficiário – 15 pp;
  • Projetos cujos beneficiários têm o estatuto de Investidor da Diáspora – 5 pp.

 

A equipa técnica da AIDA CCI encontra-se disponível para fazer um primeiro enquadramento do seu projecto e apoiar a sua empresa na apresentação da candidatura.

Para mais informação entre em contato com o Departamento de Apoio Técnico, através do 234 302 492 ou dos emails c.martins@aida.pt (Cristina Martins), s.carvalho@aida.pt (Susana Carvalho).

Razões Para Empregar Pessoas Com Deficiência 2020-12-21

Razões Para Empregar Pessoas Com Deficiência

BOAS RAZÕES PARA EMPREGAR PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

1. A maioria tem uma elevada ética profissional, são um exemplo de dedicação e lealdade

2. A prática aponta para uma clara melhoria no ambiente de trabalho, com uma diminuição de conflitos entre colaboradores e um melhor cumprimento dos objetivos traçados

3. Estudos apontam que empregar pessoas com deficiência é uma forma eficaz de diminuir os índices de incumprimentos das regras de segurança e, ao mesmo tempo, garantir os standards estabelecidos pela empresa.

RAZÕES QUE AJUDAM A EMPREGAR PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

  • Existem obrigações legais no cumprimento das quotas de emprego de pessoas com deficiência, bem como benefícios provenientes da responsabilidade social
  • Estão disponíveis um conjunto de apoios financeiros e técnicos muito significativos
  • Têm ao vosso dispor uma rede de Centro de Recursos para a Qualificação e Emprego de Pessoas com Deficiência que vos pode ajudar em todas as fases do emprego.

O INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL FINANCIA AS SEGUINTES MEDIDAS:

  • Informação, Avaliação e Orientação para a Qualificação e o Emprego;
  • Apoio à Colocação e Acompanhamento Pós-Colocação;
  • Adaptação de Postos de Trabalho e Eliminação de Barreiras Arquitetónicas;
  • Estágios de Inserção e Contratos Emprego-Inserção;
  • Emprego Protegido e Emprego Apoiado em Mercado Aberto;
  • Produtos de Apoio para as Pessoas com Deficiência

 

Para mais informações, poderá contactar o GIP- Gabinete de Inserção Profissional da AIDA CCI:

Nancy Almeida I n.almeida@aida.pt I Telf. 234 302 140

 iefp.png  inr.png

Estratégia Portugal 2030 2020-11-17

Estratégia Portugal 2030

Foi publicada a Resolução de Conselho de Ministros n.º 98/2020 de 13 de Novembro, que aprova a Estratégia Portugal 2030.

São apresentadas as linhas orientados para o próximo Quadro Financeiro Plurianual e dos novos instrumentos financeiros criados pela União Europeia para dar resposta à crise de Covid-19.

O envelope financeiro para o período de 2021 - 2029 (último ano de execução dos fundos) será de cerca de 50 mil milhões de euros, sendo objectivo do Governo que se faça uma aposta na Investigação e Desenvolvimento e na aproximação entre inovação e produção, conduzindo a trajectória das exportações nacionais para a diferenciação pela inovação e qualidade.

A Estratégia Portugal 2030 surge como um pilar de orientação geral para a definição e implementação das políticas públicas estruturais na próxima década, assumindo como visão desta estratégia - “Recuperar a economia e proteger o emprego, e fazer da próxima década um período de recuperação e convergência de Portugal com a UE, assegurando maior resiliência e coesão, social e territorial.” 

Para prosseguir esta visão, a Estratégia Portugal 2030 integra quatro agendas temáticas:

  • As pessoas primeiro: um melhor equilíbrio demográfico, maior inclusão, menos desigualdade;
  • Digitalização, inovação e qualificações como motores do desenvolvimento;
  • Transição climática e sustentabilidade dos recursos;
  • Um país competitivo externamente e coeso internamente.


Na aplicação dos fundos, estão definidas algumas prioridades: simplificação, orientação para resultados, transparência e prestação de contas, subsidiariedade e responsabilização, segregação das funções de gestão e prevenção de conflitos de interesse, e sinergias entre fontes de financiamento nacionais e comunitárias.

 

Consulte o documento em http://twixar.me/hWgm  e http://twixar.me/vWgm

Procedimentos aduaneiros e Controlos na fronteira 2020-12-03

Procedimentos aduaneiros e Controlos na fronteira

BREXIT - Prepare-se para o final do período transitório - procedimentos aduaneiros e controlos na fronteira

O período transitório previsto no Acordo de Saída, estabelecido entre a UE e o Reino Unido, assegura que, até 31 de dezembro de 2020, se aplicam as regras do Mercado Único (“status quo”) no relacionamento económico entre a UE e o Reino Unido – importações, exportações, movimento de pessoas, estabelecimento, legislação, etc.

 As negociações com vista a estabelecer o futuro regime de relacionamento económico entre o Reino Unido e a UE estão ainda em curso, sendo incerto se serão concluídas com sucesso. 

O que sabemos com certeza é que, qualquer que seja o resultado dessas negociações, a partir de 1 de janeiro de 2021, as trocas comerciais entre a UE e o Reino Unido estarão sujeitas a procedimentos aduaneiros e a controlos fronteiriços, à semelhança do que acontece com qualquer outro país terceiro. 

Com vista a facilitar o acesso a informação relevante para os operadores económicos, partilhamos os seguintes links onde se encontram esclarecimentos sobre esta matéria específica dos procedimentos aduaneiros e controlos na fronteira:

Partilhamos, ainda, dois folhetos das Alfândegas Francesas,  com informação resumida, em Português, sobre as medidas a tomar para transpor a fronteira rodoviária com o Reino Unido, bem como contactos das autoridades aduaneiras francesas.


Relembramos, a propósito do Brexit, que toda a informação que a DGAE/Ministério da Economia e Transição Digital dispõe pode ser encontrada em https://www.dgae.gov.pt/brexit.aspx.

Procedimentos aduaneiros e Controlos na fronteira
Comissão propõe medidas de contingência 2020-12-14

Comissão propõe medidas de contingência

Reino Unido: novas medidas de contingência apresentadas

A Comissão Europeia apresentou quatro medidas de contingência (mais informações: Comissão propõe medidas de contingência (europa.eu), para atenuar algumas das maiores perturbações que ocorrerão em 1 de janeiro de 2021 caso não esteja ainda em vigor um acordo com o Reino Unido, nas seguintes áreas: (i) conectividade aérea fundamental (serviços aéreos); (ii) segurança da aviação; (iii) conectividade rodoviária fundamental; (iv) pescas.

 

Para mais informação sobre as relações UE-Reino Unido, poderá consultar o sítio web da CIP. Consulte ainda o comunicado conjunto, emitido entre a Presidente da Comissão, Europeia, Ursula von der Leyen, e o Primeiro Ministro Britânico, Boris Johnson.

Plataforma Access2Markets 2020-10-13

Plataforma Access2Markets

A Comissão Europeia lançou uma importante ferramenta – a plataforma Access2Markets – onde é possível consultar os acordos de comércio livre da UE, os direitos ou as barreiras envolvidas na exportação/importação de e para países terceiros, as regras de origem, formalidades ou estatísticas de comércio internacional.

 

A Plataforma Access2Markets, que também se encontra na língua portuguesa, é um instrumento relevante, sobretudo para exportadores e para a participação de PME no comércio internacional, pode ser consultada acedendo ao seguinte link: https://trade.ec.europa.eu/access-to-markets/pt/content.

 

Descubra o Access2Markets